São Tomé e Príncipe: Onde comer.

  A melhor companhia à mesa, em São Tomé, é sem dúvida o peixe! Com a geografia do país, as altas expectativas não sairão defraudadas, no que diz respeito às refeições de peixe e marisco, quase sempre acabados de sair do mar e temperados como só os santomenses sabem temperar. Para comer há peixe vermelho (diferente do nosso!), barriga de peixe andala, polvo, lulas, peixe … Continue reading São Tomé e Príncipe: Onde comer.

Memórias Fotográficas

Apesar de adorar fotografar, confesso que ainda nunca tinha explorado os álbuns digitais (shame on me!!). Entretanto a Saal Digital Portugal deu-me a oportunidade de experimentar isso mesmo: Um álbum!! E eu…adorei o resultado! Escolhi algumas fotografias de uma das viagens de 2017 (São Tomé e Príncipe) e “fiz-me à estrada” no programa da Saal Digital Portugal. O programa é simples e intuitivo. Primeiro estranha-se, depois … Continue reading Memórias Fotográficas

1° 37′ N 7° 24′ E, a geografia em que fui mais feliz!

Príncipe   Ilha mágica, vestida de um mar azul turquesa e uma densa floresta verde. O silêncio da sua pacatez é apenas interrompido pelas boas gargalhadas das crianças, pelo rebentar das ondas na areia e pelos macacos e papagaios que se passeiam na floresta virgem. Roças, praias, pessoas, comida: tudo nota 10! A ilha do Príncipe foi o sítio – de todo o Mundo (e … Continue reading 1° 37′ N 7° 24′ E, a geografia em que fui mais feliz!

São Tomé e Príncipe: Dicas em modo leve-leve

Situado no Golfo da Guiné, São Tomé e Príncipe é o segundo país mais pequeno de África. Seguro, muito tranquilo, com pessoas para lá de simpáticas e com praias vazias, saídas de um sonho tropical só para nós! Não faltam as palmeiras nem os coqueiros, para fazerem jus ao nome de paraíso, sem ponta de eufemismo. Praia Inhame Foi colónia portuguesa, descoberta em 1470 por … Continue reading São Tomé e Príncipe: Dicas em modo leve-leve

E se fossemos a São Tomé?

E se fossemos a São Tomé? Foram nove meses a preparar esta aventura. Tenho para mim, que não deve ter sido pura obra do acaso, ser exactamente o tempo de uma gestação. Talvez os astros se tenham alinhado para que assim fosse, para que partíssemos para esta viagem com o mesmo sorriso rasgado de quem parte para a maternidade. Um sorriso de expectativa que esconde o inevitável … Continue reading E se fossemos a São Tomé?